Resenhas - LPs/Cds/K7s

BODOM AFTER MIDNIGHT – Paint The Sky With Blood (MCD)

Napalm Records (Importado)

Versão em Português (ENGLISH VERSION BELOW)

Depois que os guitarristas Alexi Laiho e Daniel Freyberg decidiram continuar com seu legado, eles sabiam o que estavam fazendo. Se você adicionar o baixista Mitja Toivonen (ex-Santa Cruz), o baterista Waltteri Väyrynen (Paradise Lost) e o tecladista em turnê Salomaa, o que você vai conseguir? Você tem razão!!! Uma banda poderosa, que combina Death Metal Melódico e Power Metal. Esse EP “Paint The Sky With Blood” (que sairá dia 23 de abril, via Napalm Records), era para ser o início de um novo capítulo, que acabou em breve. No entanto, a história deve ser contada e este EP deveria ser lançado. Duas canções originais e uma canção cover, são o material nele.

A faixa-título lembra os primeiros anos de Children of Bodom. “Paint The Sky With Blood” começa com o grunhido característico de Alexi, que é único, e se você não sabe, você viveu sob uma rocha, seguido por guitarras discordantes. O solo se destaca e lembra estilisticamente os solos de Laiho, como ele costumava fazer (ouça “Hate Like Me” e você entenderá o porquê). A bateria de Waltteri se destaca e a energia que ele dá, parece que eles foram feitos para tocar juntos.

Para a segunda faixa, como “Payback’s a Bitch”, você terá uma faixa mais thrashy e groovy e menos melódica. A melodia está lá, mas a natureza dos riffs pesados demonstra isso. Se você quiser melodia, os teclados de Lauri farão o trabalho e é um duelo de guitarras / teclas, que fará com que essa música e atmosfera sejam incríveis. Isso demonstra que o Bodom não tem medo de experimentar novos gêneros e melodias. Eles podem equilibrar tudo.

Fechar a faixa cover “Where Dead Angels Lie” é um triunfo absoluto – originalmente tocada pela formação sueca de metal extremo Dissection, o Bodom After Midnight colocou algo próprio, o que é incrível. Eles se mantiveram fiéis à música, mas mais melódicos, o que torna mais ‘Bodom After Midnight’. Muito mais bem tocado do que o próprio Dissection.

No geral, a morte de Alexi Laiho foi um choque e não está mais conosco, mas é um legado que sempre será lembrado, mas com este EP, eles são um must have para todos os colecionadores, que apreciam sua voz e trabalho.

“Are You Death Yet?”! Não! NUNCA! FOREVER METAL E OBRIGADA, ALEXI LAIHO!!!

Nota : 9,5/10

English Version

Foto : Divulgação

After guitarists Alexi Laiho and Daniel Freyberg decided to carry on with their legacy, they knew what they were doing. If you you add bassist Mitja Toivonen (ex-Santa Cruz), drummer Waltteri Väyrynen (Paradise Lost) and touring keyboardist Salomaa, what will you get? You’re right!!! A powerful band, that combines Melodic Death Metal and Power Metal all together. This EP “Paint The Sky With Blood” (that will be out April 23rd, via Napalm Records), was meant to be the beginning of a new chapter, that ended up to soon. Nevertheless, History must be told and this EP was supposed to be released. Two original songs and a cover song, are the material in it.

The title track reminds of the early years of Children of Bodom. “Paint The Sky With Blood” starts with Alexi’s signature growl, which is one of a kind, and if you don’t know it, you have lived under a rock, followed by discordant guitars. The solo stands out and resembles stylistically Laiho’s solos, like he used to perform (listen to “Hate Like Me” and you’ll understand why). Waltteri’s drumming stands out and the energy he gives, looks like they were meant to play together.

For the second track, like “Payback’s a Bitch”, you’ll get a more thrashy and groovy track and less melodic. The melody is there, but the the nature of the hard riffs demonstrate that. If you want melody, Lauri’s keyboards will make the job and it’s a duel guitars/keys, that will make this song and atmosphere amazing. This demonstrates that Bodom aren’t afraid to experimente new genres and melodies. They can balance all.

Closing cover track “Where Dead Angels Lie” is an absolute triumph – originally performed by Swedish extreme metal formation Dissection, Bodom After Midnight put something of their own, which is amazing. They’ve maintained true to the song, but more melodic, which makes more ‘Bodom After Midnight’. Much more well played than Dissection themselves.

Overall, Alexi Laiho’s death was a shock and is no longer with us, but is legacy will always be remembered, but with this EP, they are a must have for all collectors, who appreciate his voice and work.

“Are You Death Yet?”! No! NEVER! FOREVER METAL AND THANK YOU, ALEXI LAIHO!!!

Rate : 9,5/10

Mostrar mais

Rak Miranda

Colaboradora e jornalista da webzine portuguesa, Metal Imperium e reviewer na revista grega MythofRock.gr. Apreciadora de Doom Metal.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar