Resenhas - LPs/Cds/K7s

HEILUNG – Ofnir

Season Of Mist / Importado

O que me chamou mais a atenção neste álbum foi saber o quão incomum é o Heilung (Curandeiro em alemão). A banda de Pagan Folk surpreende com instrumentos incomuns como “o som de águas jorrando sobre ossos humanos?

A banda dinamarquesa tem membros da Dinamarca, Alemanha e Noruega.  A atmosfera bárbara é algo a se destacar aqui. O foco da banda é a idade de Ferro e a Primeira era Viking. Vamos juntos desvendar o álbum Ofnir!

Há uma certa batida moderna em Alfadhirhaiti, mas nada que tire a magia medieval do álbum como um todo. Aqui temos lobos uivando, é de arrepiar, que atmosfera! Há um encanto ribl que flerta com a bateria moderna. Algo primal, pré-histórico mas moderno em Hakkerskaldyr, e, há uma chuva que cai em Schlammschlacht, bem como há sopros de vento que anunciam uma batalha na épica faixa Carpathian Forest , na minha opinião uma faixa forte do álbum.

A precursão é evocada ao longo de minutos e minutos em Fylgija Ear e parece ganhar dimensões profundas do nosso inconsciente.  A voz merece uma análise específica. Há um ritual xamânico e cânticos ancestrais  (AlfadhirhaitiFylgija Ear) e em outros momenos temos vozes femininas que nos encantam e arastam para a perdição como cânticos de sereias em alto mar (KrigsgaldrFylgija Ear). A medida que canta, o Heilung faz preces, este é o sentimento. A voz não é um mero esforço vocálico, ela é um dos principais e mais fortes instrumentos musicais aqui utilizado.

Há uma raiva viking dos daneses que é dotada de profunda obscuridade (Futhorck), da mesma forma que há sussurros bárbaros germânicos (Afhomon) e se você não fala alemão, vai querer entender o que diz Schlammschlacht (Difamação em alemão!), antecipo que é algo monumental e envolve rituais de sangue e oferendas a Odin.

Se você ouve Wardruna, as bandas possuem a mesma temática, ambas são criativas, mas o Heilung é mais focado na alma viking, na essência ritualística do paganismo como um todo, e suas letras são tributos aos antigos deuses. Há modernidade – talvez um pouco mais que o Wardruna para o mesmo estilo, mas não deixa de ser um álbum encantador.

Lembrando que a banda já tem lançamento previso de novo álbum para Junho/2019.

Melhores faixas: KrigsgaldrFylgija Ear, Alfadhirhaiti

Nota: 7/10

Mostrar mais

Ricky Lunardello

Historiador e Sociólogo, Pagão de alma Viking, apaixonado pelo Metal Extremo e pela cultura underground.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar