Resenhas - LPs/Cds/K7sStormy NewsUncategorized

MARRAS – Where Light Comes to Die

Spread Evil Productions (Importado)

Após um prólogo breve, “Overture of the Lonely Journey” mescla tudo que é bom no Black Metal finlandês. Peso, agressividade e uma frieza técnica mosntruosa. Faix de destaque, sem mais! Em “Lifeless Sculptures” me faz crer que grande parte dos vocais é feita por Nekroführer do Necrokrist SS e que vocais hein! Torna o álbum mais violento e raw black metal. Apesar da atmosfera.

Prologi (Faith)” e “Sea of Trees” são interligadas, esta introdução para a faixa principal é interessante e gélida. Desta parte do álbum em diante a presença do VARGRAV se faz sentir. Um instrumental forte, rápido e uma bateria  destruidora.

Transition of the Lightless Path” é uma das minhas favoritas, muito do FÖRGJORD está presente Resultado de imagem para MARRAS BANDnesta faixa. Há um espectro do trabalho “Ilmestykset” aqui. O que se aproxima também do que as guitarras fazem no álbum “Reign in Supreme Darkness” do VARGRAV. Há uma transição perfeita entre as três entidades negras. Eviscerações na alma é o efeito desta audição. Um álbum indispensável aos fãs do gênero.

Where Light Comes to Die” traz toda a responsabilidade da faixa título. Uma boa dose de raw black metal e uma guitarras incrível, técnica, finlandesa, açambarcada por vocais que mesclam Burzum, Bathory, Immortal e Deicide. É possível? Vale conferir. Uma tímida atmosfera se enuncia ao horizonte se o ouvinte tiver interesse de se concentrar. Não é fácil.

O golpe de misericórdia é dado com “Chamber of Penance“. Uma faixa típica do MIMORIUM. Uma pancadaria desenfreada onde todo o ódio, terror e agressividade são depositados. Junte o melhor do Black Metal e da primeira geração e o resultado não será outro: Um massacre sonoro de alta qualidade como todo o Black metal finlandês. E aqui ainda tem um riff que contagia e te faz urrar aos quatro ventos junto com essas almas sombrias que não falharam ao mostrar o lugar oinde a luz vem para, enfim, morrer.

NOTA: 10/10

 

Tracklisting for Marras’ Where Light Comes to Die

1. Prologi (Guidance)
2. Overture of the Lonely Journey
3. Lifeless Sculptures
4. Prologi (Faith)
5. Sea of Trees
6. Prologi (Damnation)
7. Transition of the Lightless Path
8. Where Light Comes to Die
9. Prologi (Desolation)
10. Chamber of Penance

– Marras – Facebook: https://www.facebook.com/marrasblackm…

– Spread Evil Productions – Website: https://spreadevil.net/spread_evil_pr…

Facebook: https://www.facebook.com/spreadevilpr…

 

https://www.youtube.com/watch?v=JuL7JUWuI-8&t=272s

Mostrar mais

Ricky Lunardello

Historiador e Sociólogo, Pagão de alma Viking, apaixonado pelo Metal Extremo e pela cultura underground.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar