Resenhas - LPs/Cds/K7sStormy News

MELAN SELAS – ΦΑΟΣ

Hammer Of Damnation (Nacional)

O projeto Melan Selas teve seu início em 2015 e veio para dar uma nova dimensão ao Black Metal grego. Os helenos conseguem manter uma atmosfera crua e ao mesmo tempo acrescentam uma sonoridade peculiar harmônica que promete redefinir a cena do Black Metal grego.

Nenhuma descrição de foto disponível.

O álbum ΦΑΟΣ lançado pela Hammer Of Damnation traz o melhor da banda, superando, inclusive seu anterior Ῥέοn lançado ano passado (debut). O que temos agora é a consolidação deste sangue novo e de sua maturação diante da cena e ninguém melhor do que a Hammer Of Damnation para fazer essa transição ritualística de qualidade, sob o selo ISO 666 que já conhecemos. O lançamento ocorrerá no final de setembro!

O duo formador da banda tem um foco direcional para o virtuosismo clássico de suas cordas. Não é um Black Metal qualquer, ele tem passagens harmônicas de cordas como vemos em “ ΦΑΟΣ Α (Λύχνος)”, faixa de abertura. Os tons femininos que emanam na faixa, o peso e ao seu final a harmonia sinfônica engrandecem a música e faz deste álbum um convite ao que há de melhor no metal extremo.

A ancestralidade, o desejo ao retorno dos tempos antigos e a pitada filosófica se encontra em “ΦΑΟΣ Β (Ὄνειρος)”. Blats de bateria rápidos e guitarras vibrantes, quase thrash metal mesclada com um vocal doentio e muita técnica. Eu fui arrebatado pela qualidade. O projeto veio resgatar um pouco da cena de Black Metal grego que já parecia estagnar-se em alguns grandes nomes.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Assim, o álbum vai seguindo e a terceira faixa “ΦΑΟΣ Γ (Δρόμος)” traz umas guitarras devastadoras, gêmeas siamesas em melodia, arrogantes em timbre e superiores em tonicidade. O que se segue depois isso é uma batida rápida, agressiva e seguida de vocais duais ritmados e melódicos, mas mantendo a pegada Black Metal tradicional. Na minha opinião é a melhor faixa do álbum! Impossível ouvir apenas uma vez!

Urros de agonia nos recepcionam em “ΦΑΟΣ Δ (Μόχθος)”, que peso assustador e sem perder a pegada veloz que é característica deste álbum. Há umas incursões de timbre que dão um suspense nos interlúdios, é bem impressionante. Tornamo-nos cativos perante o som porque ele migra, ele escapa ao transe porque são muitos elementos e você é bombardeado pela qualidade sistêmica dos gregos.

“ΦΑΟΣ Ε (Βάθος)” vem coroar a transição entre o debut álbum e este aqui. Cortantes e sinuosas, dignas de um Speed Thrash/Death Metal as guitarras são a atração, mas não sem estarem imersas e sustentadas por uma bateria ensurdecedora e ritmada que segue cada acorde, são palco para a destruição lírica e para os vocais urrados dos helenos. Consegue visualiza tudo junto? Não? Pois é, audição obrigatória.

Vocais femininos em meio ao caos. Um guia, chega a ser espiritual sua presença, ela parece suspensa em meio a horda grega. Intocável. Estamos em meio a “ΦΑΟΣ Ζ (Φῶς)”. Em um mundo com Macabre Omen, Rotting Christ, Varathron e Septicflesh, algo precisava surgir para oxigenar esta cena. Pra lembrar aos grandes nomes do Black Metal grego que a evolução não deve parar e que a cena grega está se refazendo e tem no Melan Selas o seu epicentro.

O que posso falar deste álbum? Eu o ouvi 12 vezes antes de fazer a review. E ouvi pelo simples fato de que é inovador, mas ergue um estandarte de natureza ancestral. A Hammer Of Damnation sabe o que lançar e se você pega um material dos caras é porque é de qualidade e a escolha deste lançamento só põe a Hammer Of Damnation em um patamar conceituado e um hall de artistas devastadores.

O Melan Selas está consolidado. É hoje um dos elos do helenismo elitista do Black Metal grego. É obscuro, profano, clássico, surpreendente e ao mesmo tempo cru, técnico e harmônico e, por mais que estas características soem contraditórias, aos 30 segundos iniciais do álbum você vai entender do que estou falando.

NOTA: 10/10

 

HAMMER OF DAMNATION:
https://hammerofdamnation.bandcamp.com/album/–4
https://www.hodrecs.com

FACEBOOK:
https://www.facebook.com/MELANSELAS/

Mostrar mais

Ricky Lunardello

Historiador e Sociólogo, Pagão de alma Viking, apaixonado pelo Metal Extremo e pela cultura underground.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar