Resenhas - LPs/Cds/K7sStormy News

MUVITIUM – Evighetens cirkel…

Putity Through Fire (Importado)

muvitium - Cover.jpgSe você não conhece Swartadauþuz , você não conhece o Black Metal sueco. O cara é uma lenda e é prolífico instrumentista e gênio criativo de uma porrada de bandas que você deve correr atrás e comprar o que puder!

Embora um nome completamente novo (algumas gravações soltas e antecipações existam antes), o MUVITIUM é outra manifestação sônica do Swartadauþuz (GREVE, Azelisassath, Bekëth Nexëhmü, Digerdöden, Gnipahålan, Musmahhu, Mystik, Summum, Trolldom, Daudadagr). , aqui trabalhando quase sozinho ao lado do baterista de sessão LO Como tal, a estreia de Evighetens Cirkel… da banda é um trabalho altamente pessoal e altamente interpessoal  antigo vintage e cult black metal.

Considerando que a maioria / todos os projetos de Swartadau springuz brotam de algum tipo de conexão macabra com o black metal sueco antigo – e, por sua vez, têm os mesmos projetos revitalizados quase por uma só mão iterações modernas do classicismo de segunda onda – com o MUVITIUM ele se arrisca profundamente no norueguês igualmente ancestral das florestas, reformulações de feitiços que reverberam com uma sabedoria sem idade e uma visão sem limites.

De fato, é preciso apenas observar a arte da capa de Evighetens Cirkel… para começar a entender / absorver a magia e o misticismo do MUVITIUM: familiar como uma musa pode ser, mas é preciso um verdadeiro mestre para tornar esse tradicionalismo enganosamente novo, soando conexo, estruturado, quando na verdade o ouvinte é lançado ao caótico submundo da psique a cada audição.

Sombrio, espectral e suntuosamente guiado por sintetizadores cortantes como vitrais, o éter filosófico/sentimental em turbilhão que o MUVITIUM cria ao longo da paisagem de seis músicas / 43 minutos do majestoso Evighetens Cirkel… pode ser paralelo à maioria / todas as outras faces simultâneas de Swartadauþuz, mas essa é uma das mais  indiscutivelmente sombrio, mais austero e definitivamente mais (deprimente) bonito do que todos eles. Siga esses espectros em bosques esquecidos! Acenda as chamas da ancestralidade que existe em você, abra sua alma para um som perturbador e ao mesmo tempo mágico, afinal é desta dicotomia sonora e sensitiva que este Black Metal é feito.

Nota:10/10

NÃO conselhado para pessoas sensíveis!

MUVITIUM lineup:

Swartadauþuz – vocals, guitars, bass, keyboards
L.O. – session drums

Mostrar mais

Ricky Lunardello

Historiador e Sociólogo, Pagão de alma Viking, apaixonado pelo Metal Extremo e pela cultura underground.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar