Entrevistas

OCULUS OF PROFANATIONS – Todos nós temos uma paixão profundamente enraizada pelas Artes do Black Metal e do Death Metal.

O Oculus Of Profanations é um trio de Del Rio, Texas (EUA). “A banda faz um Black Metal forte misturado com um Death Metal sombrio” nas palavras de Fred Vela (guitarra e voz). A banda inicialmente foi formada como uma dupla em 2018 e em 2019, David R. (baixista) foi adicionado à banda.
A horda iniciou a produção de material próprio em 2017, mas o guitarrista e o baterista na época se separaram criando um hiato que teve fim com uma demo de quatro hinos intitulada “Hymns of the Writhing Oblivion” (2018). A banda hoje encontra-se em processo de composição para o seu debut album.

Fred Vela, Foto Por: Divulgação

Primeiramente, de onde vem o nome da banda? O que inspirou vocês?

Fred – Queríamos que o nome da banda melhor representasse nossa música o máximo possível. Oculus Of Profanations é um nome que fala claramente por si. Acreditamos firmemente que a música em si e não tanto a imagem dela, deve criar um portal para que você possa se sentir fortemente e se tornar parte de sua essência. Criar música poderosa que consiga consumir você e fazer você acreditar que há algo muito obscuro e ameaçador em nossa criatividade é absolutamente fundamental para nós.

Como é a cena underground em Del Rio, Texas? E as bandas locais?

Fred – Nossa cena de metal local é pequena como um todo, mas nossa cena musical é grande e diversificada. Nós temos muito talento em nossa comunidade. Como somos a única banda ativa que toca metal extremo em nossa cena, tocamos o máximo que podemos e fazemos nosso melhor para representar nossa cena musical em todas as apresentações que fazemos. Todos na cena musical acompanham as outras bandas tocarem quando há um show. Nosso guitarrista, juntamente com um amigo, fundou um programa anual chamado “Halloween Mayhem”. Reunimos bandas de metal incríveis do nosso estado para celebrar o caos extremo do metal com nossos colegas metaleiros.

Geralmente como são as letras? E o processo criativo de vocês?

Fred – Nossas letras complementam a música e nunca serão o ponto focal da nossa criatividade. Acreditamos que o conteúdo lírico nunca deve eclipsar nossos esforços musicais e, como artista, deixamos nossa música falar. É por esse motivo que temos apenas algumas músicas com vocais e foco na escrita de instrumentais. Com tudo isso dito, deixamos para a pessoa ouvir e sentir, em vez de ler e pensar. Além disso, não é esse o ponto da música ???

Manny Flores, Foto Por: Divulgação

Vocês são comparados com alguma outra banda underground? Já relacionaram vocês a alguma outra banda?

Fred – Nós não fomos comparados a nenhuma banda. Francamente, nós somos relativamente novos no underground aqui, mas não se enganem, estamos certamente capturando a atenção em cada performance que fazemos. Sabemos que temos um ótimo material e esperamos continuar escrevendo e atuando.

Vocês estão familiarizados com o Underground brasileiro? Conhecem algo da nossa cena underground?

Fred – Nossa primeira exposição ao Metal brasileiro obviamente teria que ser o Sepultura. Sarcofago, Krisiun, Rebaelliun também são bandas incríveis que têm hinos matadores. Nós realmente gostamos da fúria e contribuição que esses caras fizeram para o underground, Hails !!

Como é o apoio dos headbangers americanos ao underground?

Fred – Eu só posso falar em nome de nossas experiências. Temos grande apoio da família, amigos e claro, nossos irmãos de metal. Sem essas três estruturas de suporte fundamentais, nós, como banda, não poderíamos ter tempo para criar e compartilhar nossos esforços musicais. Além disso, estamos realmente agradecidos por termos compartilhado o palco com nossos irmãos de metal e sei que eles sentem o mesmo. Apoiar um ao outro é a única maneira que o underground pode permanecer vivo e continuar a criar grande talento e música \ m /

David “Gorilla” Rodriguez, Foto Por: Divulgação

Elementos de Black Metal cru e Death Metal são pontos presentes quando falamos do seu som, como isso está inserido na musicalidade?

Fred – Todos nós temos uma paixão profundamente enraizada pelas Artes do Black Metal e do Death Metal. Os elementos dos dois naturalmente se juntam quando começamos a escrever e simplesmente deixamos que ele se manifeste. A ideologia do Black Metal é singularmente diferente para cada pessoa que está conectada a ele. Nós sentimos que, em última análise, a realidade de tudo o que experimentamos diariamente neste mundo, como o desespero, o caos, a desumanidade, é tão triste quanto possível. Não há nada mais mal e vil do que isso …..

Vocês chegaram a assistir o filme “Lords Of Chaos”?

Fred – O filme Lords of Chaos é uma piada. Nós esperamos uma imensa quantidade de posers sair do armário usando cruzes invertidas ……

Agora é com vocês! Deixem uma mensagem para nós!

Fred – Oculus Of Profanations gostaria de agradecer a Lucifer Rising por seu interesse na banda! Nós realmente esperamos que você e seus leitores apreciem a percepção de nossos pensamentos, crenças e nossa música. Sinta-se à vontade para enviar uma mensagem à nossa página de banda do Facebook com todos os pensamentos e perguntas que você possa ter para nós também. Quais bandas vocês sugerem que devemos dar uma olhada no Brasil? Não deixem de nos avisar!

Mostrar mais

Ricky Lunardello

Historiador e Sociólogo, Pagão de alma Viking, apaixonado pelo Metal Extremo e pela cultura underground.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar