CoberturasStormy News

PARTY.SAN METAL OPEN AIR 2019

PARTY.SAN METAL OPEN AIR 2019
Schlotheim, Alemanha (08,09 e 10/08/2019)

A equipe da LUCIFER RISING esteve mais uma vez no festival PARTY.SAN METAL OPEN AIR, que acontece anualmente no mês de agosto na cidade de Schlotheim, Alemanha, para um público de aproximadamente 15 mil pessoas e que está comemorando seu vigésimo quinto aniversário!

Fotos por: Sérgio Tullula     Texto por: Caio Nadoti

Primeiro dia 08/08/19:

Craft

No primeiro dia, vimos os shows das bandas: SLAEGTE, RUNEMAGICK, SKYFORGER (banda que já tocou no Brasil), INCANTATION, SOILWORK, CRAFT, ANCENSION, BELPHEGOR, HELLHAMMER (Triumph of Death) e fechando a noite, os Suecos do HYPOCRISY.

O show do CRAFT foi um dos mais surpreendentes do dia, eles fazem um Black Metal incrível e isso ao vivo é devastador, a banda começou fazer shows em 2014 e com frequência, toca em festivais na Europa, o álbum mais recente de 2018 se chama ‘’ White Noise and Black Metal’’

Acompanhamos também o show do SKYFORGER, banda que faz um som bem Pagan/Folk Black Metal e que já se apresentaram no Brasil

Outro show incrível foi do BELPHEGOR, o som estava perfeito, sem falhas, Helmuth cantando como nunca e ainda tivemos uma surpresa: a banda tocou pela primeira vez, uma nova música que estará presente no próximo álbum da banda que deve sair no início de 2020.

Nervochaos
Hellhammer

Tivemos também, só que no palco tenrstage, a banda Brasileira NERVOCHAOS que fez um grande show e com certeza, conquistando mais fãs na Europa.

Voltando ao Mainstage, O Tom Warrior nos prestigiou com um grande show do HELLHAMMER  e por fim, o HYPOCRISY encerra a noite executando vários clássicos da banda, destaque para os vocais  guturais de Peter Tägtgren, a banda não lança um  álbum novo desde 2013, mas a banda deve finalmente lançar um álbum novo em 2020.

 

Segundo dia 09/08/19:

No segundo dia tivemos as bandas: GUTALAX, DEFEATED SANITY, THE CROWN, SOLSTICE, MIDNIGHT, ARKONA, KRISIUN, ROTTING CHRIST, NIGHT DEMON, MGLA, DEICIDE E TESTAMENT.

Assisti ao show do MIDNIGHT, para quem não conhece, banda de Black/Speed Metal, indicada para fãs de Toxic Holocaust, fez um show surpreendente, o álbum mais recente da banda é “Sweet Death and Ecstasy”, lançado em 2017.

A banda seguinte foi o KRISIUN, representando o Brasil além do Nervochaos e dando uma aula de Death Metal como sempre, o KRISIUN divulga seu álbum mais recente, lançado em 2018, chamado ‘’ Scourge of the Enthroned’’

O ROTTING CHRIST também fez um show empolgante, a banda esta divulgando seu mais recente álbum ‘’The Heretics’’ em seguida tocou a banda de Black Metal MGLA, seguido do DEICIDE e fechando a noite o TESTAMENT, nesse momento, choveu bastante e infelizmente foi um pouco difícil acompanhar o show da banda, mas felizmente o PARTY.SAN tem uma boa estrutura, e não temos problemas com excesso de lama e é possível se abrigar na área que tem o palco menor, caso não queira ficar na chuva mas mesmo com a chuva, a maioria das pessoas ficaram para ver o show do TESTAMENT.

Rotting Christ

Quero destacar também a banda Alemã chamada ‘’FIRTAN’’ que tocou no palco tenrstage, com a chuva, fui para esse palco esperar a chuva diminuir e acabei me surpreendendo com o show dessa banda! Formada em 2010, o FIRTAN tem dois álbuns de estúdio lançado e faz um som bem Pagan/Black Metal, para quem não conhece, vale a pena conferir o som da banda, eu não a conhecia e realmente me surpreendeu tanto que assisti ao show deles até o fim!

 

Terceiro dia 10/08/19

Terceiro dia e último dia do festival, nessa altura, mais cansativo, talvez para nós brasileiros que não temos costumes de ir em festivais anualmente, mas quem sabe um dia isso mude, na Alemanha temos diversos festivais em união com as gravadoras, temos diversos stands de gravadoras que podemos compras CDs, LPs, merchandising e com certeza isso ajuda a manter a mídia física, no Brasil, além de não termos nenhum festival de Heavy Metal, também não existe união entre produtores e gravadoras, o que dificulta o trabalho das bandas em nosso país.

Voltando aos shows, hoje tocaram as bandas: VULVODYNIA, JUNGLE ROT, SUICIDAL ANGELS, VOMITORY, SATAN, IMMOLATION, DESTRUCTION, NAGLFAR, LEGION OF THE DAMNED, SOLSTAFIR e BLOODBATH.

Acompanhamos o show do SUICIDAL ANGELS que tinha acabado de lançar seu novo álbum ‘’ Years of Aggression’’ e que fez um show bombástico, não decepcionou em nenhum momento e fez um show que agradou todos os presentes.

Acompanhamos também o VOMITORY com seu Death Metal devastador, talvez a única reclamação dos fãs é a longa espera para um álbum novo, já que o último Opus Mortis VIII, foi lançado em 2011.

O DESTRUCTION também fez um show devastador, mostrando toda a fúria do Thrash Metal alemão! A banda lançou recentemente o álbum ‘’ Born to Perish’’

A banda seguinte foi o NAGLFAR com seu Black Metal sombrio e melódico, a banda tocou alguns clássicos da carreira, mas assim como o VOMITORY, não lança um álbum novo faz alguns anos, o último foi álbum lançado foi o ‘’Téras’’ de 2012.

Em seguida, vimos o show do LEGION OF THE DAMNED que faz um Death/Thrash Metal e está divulgando seu mais recente álbum chamado ‘’ Slaves of the Shadow Realm’’ e tocaram músicas como ‘’ Werewolf Corpse’’ e ‘’ Sons of the Jackal’’ que ficaram incríveis ao vivo, com aquela sensação de mais pesado!

Depois tivemos os Islandeses do SOLSTAFIR, esse foi um dos shows mais aguardado para mim, pois infelizmente perdi a chance de ver o show deles no Brasil quando tocaram pela primeira vez no país, acompanho a banda já faz alguns anos e sempre quis ver o show deles e devo dizer que superou minhas expectativas! O único problema dos festivais é o tempo, são em média 45 minutos para cada banda e 1h15 para os headliners, no caso do SOLSTAFIR eu ficaria feliz de ter visto mais meia hora de show, mas de qualquer forma, eles tocaram as principais músicas da carreira, o álbum mais recente foi lançado em 2017, se chama ‘’Berdreyminn’’ esperamos que em 2020 a banda lance um novo álbum.

Satan

Por fim, o último show do dia e também do festival, foi o BLOODBATH, apesar do cansaço, nessa hora bate aquele sentimento de despedida e agora, só no próximo ano, algo que eu gosto muito desse festival, além da organização, é o clima do festival, muitas pessoas vão todos os anos Partysan e sempre reencontramos amigos que fizemos nos primeiros anos, isso sem dúvida é um grande motivo para voltar sempre!

O BLOODBATH entra em cena com seu Death Metal de alta qualidade e com os vocais guturais surpreendentes de Nick Holmes (Paradise Lost), que está na banda desde 2014, é uma grande chance de ver esse excelente vocalista cantando em uma banda mais extrema, sem desmerecer o Paradise Lost que também é incrível e também já tocou no Partysan, em 2016.

Bloodbath

A banda divulga seu mais recente álbum chamado ‘’ The Arrow of Satan Is Drawn’’ lançado em 2018.

Fim de show, hora de nos despedir do Partysan, já ansioso com a próxima edição de 2020!

Confiram abaixo a galeria de fotos!!!

 

BANDAS (MAINSTAGE):

RUNEMAGICK (SUÉCIA)
TRIUMPH OF DEATH (HELLHAMMER) (SUIÇA)
INCANTATION (EUA)
SKYFORGER (LETÔNIA)
SOILWORK (SUÉCIA)
BELHEGOR (AUSTRIA)
ANCENSION (ALEMANHA)
CRAFT (SUÉCIA)
SLAEGT (DINAMARCA)
HYPOCRISY (SUÉCIA)
GUTALAX  (REPUBLICA TCHECA)
DEFEATED SANITY (ALEMANHA)
THE CROWN (SUÉCIA)
SOLSTICE (EUA)
MIDNIGHT  (EUA)
KRISIUN (BRASIL)
ARKONA (RUSSIA)
NIGHT DEMON (EUA)
ROTTING CHRIST (GRÉCIA)
MGLA (POLÔNIA)
DEICIDE (EUA)
TESTAMENT (EUA)
VULVODYNIA (AFRICA DO SUL)
SVARTIDAUDI  (ISLÂNDIA)
JUNGLE ROT (EUA)
SUICIDAL ANGELS (GRÉCIA)
VOMITORY (SUÉCIA)
SATAN (INGLATERRA)
IMMOLATION (EUA)
DESTRUCTION (ALEMANHA)
NAGLFAR (SUÉCIA)
LEGION OF THE DAMNED  (HOLANDA)
SOLSTAFIR (ISLÂNDIA)
BLOODBATH (SUÉCIA)

Tenrstage:

BALMOG (ESPANHA)
DEVANGELIC (ITÁLIA)
TAPHOS (DINAMARCA)
NERVOCHAOS (BRASIL)
TRAITOR (ALEMANHA)
NEKROVAULT (ALEMANHA)
STILLBIRTH (ALEMANHA)
FIRTAN (ALEMANHA)
THANATOS (HOLANDA)
BLACK MOOD (ALEMANHA)
GOAT EXPLOSION (ALEMANHA)
CARNAL TOMB (ALEMANHA)
DAMNATION DEFACED (ALEMANHA)
UNDERGANG (DINAMARCA)
MALOKARPATAN (ESLOVÁQUIA)
DEATHRITE (ALEMANHA)

Mostrar mais

Sérgio Luiz Amorim

Fundador da Revista Lucifer Rising, desde 2003 na mídia impressa se tornou um dos maiores veículos de informação underground do Brasil.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar