Resenhas - Zines

STRANGER AEONS ZINE – HELLAS EDITION

Indubitavelmente se existe duas cenas metálicas que me fascinam são a brasileira e a grega. E o Black Metal para mim é  ponto de intersecção entre esses dois países.  Falando especificamente da Grécia, toda a magia e tradição envolta das bandas daquele país, sempre me levou a fixar a atenção em tudo que ocorre por lá, e destarte, o respeito se torna maior, devido a consideração que essas mesmas bandas tem com o Brasil e com os meios de comunicação underground, nos dando sempre a devida atenção, muitas e muitas vezes maior que diversas bandas brasileiras,  que reclamam tanto por apoio, mas que não apoiam os zines que os procuram, nos deixando “no vácuo” em várias oportunidades.

É Inegável também que esse deslumbramento pela cena helênica não é único e pessoal, e sim algo que percebo entre diversos amigos, contatos e o público brasileiro em geral.  Prova disso está em minhas mãos: STRANGER AEONS ZINE – HELLAS EDITION! Uma edição especial, um tributo ao velho espírito de Hellas! Yan Ricci, seu editor, comenta: “…forma de homenagear e manter o respeito por uma das cenas que longe dos estereótipos passageiros, sempre caminhou a sua maneira, firme em seus ideais e com sua especificidade cravada no Underground”.

Um livreto profissional, com capa cartão dura com orelhas, formato A5 que em suas  72 páginas nos transporta aos relevos montanhosos das penínsulas balcânicas, iluminados pela tocha de fogo negro dado por Prometeu, nos apresentando renomadas entidades  como: KATAVASIA  (considero como a melhor revelação dos últimos anos da Grécia. O segundo álbum “Magnus Venator” lançado ano passado é fantástico! Ainda não tive tempo de ouvir o recente EP “Invoking The Spirit of Doom”), VARATHRON (essa já podemos chamar de uma banda greco-brasileira?? hahahaha. Uma das bandas que mais declara seu respeito ao público brasileiro), JIM MUTILATOR (um nome que não precisa de apresentações, falando de sua trajetória musical até chegar no novo projeto YOTH IRIA, que por sinal, é sensacional), NECROMANTIA (outro nome fincado no Black Metal mundial, que não precisa de apresentações. Magus Wampyr Daoloth confirma o fim de uma era após a morte de Baron Blood  e o anúncio do último material a ser lançado),  CHAOSBAPHOMET (uma banda que aparece “fora da curva” , soando mais Death Metal , diferenciando dos outros projetos que os membros fazem parte),  AGATUS (entrevista que procurou abarcar parte da trajetória do músico e multi-instrumentista Chris Dorian ou The Dark, como preferirem) e ZEMIAL (a mais longa entrevista deste trabalho com nada menos que 16 páginas, fazendo um percurso por toda a história de Archon Voskaath, um dos grandes nomes do Black Metal grego junto a Jim Mutilator, Sarkis,  Chris Dorian, Dimitrios, Stefan, Magus, Themis..).

O colaborador Márcio Tadeu da Silva foi o responsável por essa duas últimas e grandes entrevistas, como também, pelo inteligente e enriquecedor texto: “Alguns apontamentos sobre a filosofia Helênica na antiguidade e seu legado”.

Encontramos ainda nada mais que 66 resenhas de diversos matérias lançados por bandas gregas de 1989 à 2021,  passando por nomes como SEPTIC FLESH, DEATH COURIER, FUNERAL STORM, KAWIR entre outras.

A arte de capa ficou sob a responsabilidade de Fernando H. Romano.

NO CONTACT/NO COMPROMISSE (e dessa forma o STRANGER AEONS ZINE finaliza suas atividades).

Mostrar mais

Giovan Dias

Editor do The Glory Of Pagan Fire Zine, trabalho iniciado ainda na década de 90, voltado ao Black, Death, Doom Metal.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar