Resenhas - LPs/Cds/K7sStormy News

VENEDAE – Venedae (reissue)

Hammer Of Damnation (Nacional)

https://f4.bcbits.com/img/a3707983515_16.jpgA cena polonesa de Black Metal e paganismo é extremamente produtiva, diversificada e às vezes temos que garimpar para achar materiais e para resgatar ou importar materiais. Bem, a Hammer Of Damnation vem fazendo isso e com uma maestria ISO 666 com qualidade infernal que você só tem por aqui.

Lembro do Venedae quando iniciava meu caminho no paganismo e no Black Metal, especificamente. A cena polonesa sempre me chamou a atenção, pelas temáticas, pela qualidade e pela natureza de seu paganismo e de seu War Metal. Um mundo em ruínas e luta constante, a contramão do fraco mundo moderno, é isso que o Venedae simboliza.

Venedae - Venedae
Pro tape de 1998

O que a Hammer nos trouxe foi o reissue em CD de uma Tape de 1998 (Pro Tape) que aparece mais abaixo na Review! Então vamos analisar o álbum homônimo “Venedae”. Os 17 minutos de “Retra 1068” não mostra o quão épica é esta faixa então, não importa o que eu diga sobre o ritmo, sobre a invocação de guerra, a introdução falada: Você vai se surpreender com a invocação ao combate!

Uma guitarra virtuosa é a abertura da pulsante “Dziady“, fato que contrasta bastante com a voz de trincheira de Zemial Gniewomir, essa faixa é bem peculiar e tem uma alma Black Metal polonesa vibrante. As guitarras, os blasts, mas há elementos de War Metal e paganismo em sua essência. É um confronto direto, uma marcha sobre corpos.

Raise your Horns para “Pagan Blood“…..caramba! Essa faixa é um monstro. Destruidora, sedenta por sangue com guitarras agressiva  É guerra, puro War Metal, sangria intolerante a todo custo. Sangue pagão, a força está no sangue e por ele mais sangue é derramado! A música alterna os tempos e melodias, são 10 minutos de assalto.

Iniciando “Avenger of Eternity” com muito peso e agressividade. Aqui a lei é o Black Metal com uma essência de Thrash Metal de trincheiras. Pancada forte nos ouvidos, não indicado para os sensíveis. Destaque para a cacofonia controlada que a banda causa com o instrumental, fato que se destaca quando a voz perpassa o instrumental, é incrível.

Compasso, cavalgada sonora e um hino à guerra, esta é “Modla Pagana “, que traz elementos típicos do War Metal e o sufocante clima de confronto pela existência. A letra é bem forte, recomendo buscar isso na internet, hein!

Na sequência temos dois ensaios “Pagan Blood (reh) ” e “Death (reh)” caramba viu. É na garagem e no subterrâneo que você sente o peso do underground. Aqui temos a fórmula do álbum, a essência do War Metal e ambas são poderosas, cruas e não deixam nada a desejar para a masterização ou mixagem, o som é como tem que ser: intimidador, impessoal e agressivo. intolerante.

NOTA: 10/10

Pedidos: www.hodrecs.com
Email: vendas.hodrecs@gmail.com
Whatsapp: 11 99463 6786

 

Mostrar mais

Ricky Lunardello

Historiador e Sociólogo, Pagão de alma Viking, apaixonado pelo Metal Extremo e pela cultura underground.

Veja também...

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar